All in Cultura

O recente atrito entre Brasil e China, gerado principalmente pela nítida e constante oposição do presidente eleito Jair Bolsonaro à atuação internacional daquele país— que vem claramente demonstrando suas políticas de fortalecimento interno e expansão internacional—,fez com que, pelo menos no Brasil, os holofotes se voltassem novamente para Beijing, centro político da China.

Sete e meia. Ônibus vazio. Lá fora morre o Sol. Tudo está mudo, a exceção de Chopin, que me faz lembrar de tudo de mais belo que há na vida. Arthur Rubinstein interpreta Noturno, Opus 9, número 2, em gravação de 1967.