Baseado em Toronto, Canadá, Tadzio goldgewicht é um sinólogo especialista em pensamento chinês clássico, chinês arcaico e na arte marcial do Xingyiquan. Atua como professor e consultor.

A Humanidade é uma Desgraça

É com pesar que constato que a humanidade está cada vez mais burra e hipócrita. Burra porque resulta de um modelo de instrução (não um modelo de educação) que visa o treinamento e o controle das massas, e não o desenvolvimento intelectual do indivíduo e da sociedade; hipócrita porque está estruturada de forma a valorizar títulos e posição social, e a estes atribuir uma autoridade moral e intelectual que não necessariamente possuem.

Tanto os acadêmicos como os diplomatas (dois grupos representativos dentro do atual cenário) são praticamente idolatrados pelos títulos que detém ou pelas posições que ocupam. Entretanto, me parece que uma boa parte da academia tornou-se uma massa sem real razão de ser, onde, desconectados da realidade, especialistas discorrem sobre os detalhes técnicos de uma ou outra área do conhecimento, regozijam-se de seus doutorados e pós-doutorados, mas são ainda incapazes de responder, ou ao menos de se interessar, pelas perguntas mais relevantes à existência humana.  No cenário internacional, diplomatas, analistas, especialistas e gurus da informação dão forma e explicam os últimos acontecimentos internacionais, utilizando-se para isso da mesma lógica que detém qualquer aluno de curso primário, mesmo que o aluno seja brasileiro. Assim é que por um lado podemos perceber o fenômeno da burocratização do saber, e por outro o da idiotizacao das relações internacionais e, por conseguinte, da própria análise dessas relações. 

Em minha opinião a humanidade é burra, hipócrita e entende o mundo da mesma forma que o fazem alunos de qualquer curso primário. Há exceções, claro, mas de forma geral nós somos uma desgraça mesmo. 

 

 

 

 

 

 

Despreocupado

Cultura Destruida