Baseado em Toronto, Canadá, Tadzio goldgewicht é um sinólogo especialista em pensamento chinês clássico, chinês arcaico e na arte marcial do Xingyiquan. Atua como professor e consultor.

Aonde você vai?

 

O indivíduo sente a necessidade de obter, e por ela é constantemente movido e  aprisionado. Anseia o sentimento de realização advindo do alcance de seus objetivos pessoais e ainda que não deseje sempre o nefasto movimento que resulta de seus próprios anseios, encontra-se indefeso frente à força de sua corrente arrebatadora. Ignora sempre seu destino final, mas ainda assim, indefeso no seio da ilusão, segue adiante, movendo-se com intenção resoluta em direção a um destino impossível. É que ele é prisioneiro de seus próprios desejos, que nele incitam a necessidade urgente e perene  da realização, criando a corrente irresistível do movimento.

Em verdade, parece existir um outro tipo de movimento. Constante, não leva a lugar algum. Nada realiza, mas tudo alcança. Nele não há objetivos a serem alcançados e nem desejos a serem saciados. Nele há somente a renúncia, a entrega e o vazio. É  o vazio que preenche, ainda que não ocupe espaço algum; é o silêncio que ensurdece, mas que aguça a audição; é a alegria que mata, a vida que morre e a morte em vida. É tudo e não é nada. É o caminho que vai a todos os lugares mas que não leva a lugar algum. 

As pessoas estão loucas. Eu estou louco?

image.jpg

Como Falha a Oposição

Feliz ano novo - devaneios e desejos